Logo Pau Brasil Madeiras Logo Pau Brasil Madeiras Logo Pau Brasil Madeiras Logo Pau Brasil Madeiras Logo Pau Brasil Madeiras


Início > Curiosidades > Cambará

Cambará

Nome científico
Gochnatia polymorpha

Descrição da árvore
Forma: árvore perenifólia, com 3,5 a 10m de altura e 20 a 40cm de DAP. Exemplares adultos atingem até 15m de altura e 60cm de DAP.
Arvore de Cambará Tronco: poucas vezes, seu tronco é reto; quase sempre é irregular a canaliculado, tortuoso e inclinado. Fuste normalmente curto, até; 6m de comprimento, geralmente com multitroncos.
Ramificação: irregular, dicotômica, simpodial. Copa baixa, densifoliada, arredondada, com folhagem verde-clara.
Casca: com espessura de até 30 mm. A casca externa é acastanhada, com sulcos longitudinais profundos e desprendimento em placas irregulares (Ivanchechen, 1988). A casca interna é de coloração oliva e fibrosa.

Características da Madeira
Massa específica aparente: a madeira do cambará é moderadamente densa (0,60 a 0,77 g/cm³), a 15% de umidade (Mainieri & Chimelo, 1989).
Cor: alburno destacado, branco-cinza. O cerne recém-polido apresenta-se amarelo-claro, escurecendo para bege-claro com manchas amareladas, tendendo para castanho-claro levemente rosado, uniforme.
Características gerais: superfície lisa ao tato, com brilho pouco acentuado; textura fina; grã direita para irregular. Cheiro e gosto imperceptíveis.
Durabilidade natural:madeira de alta resistência ao ataque de organismos xilófagos, apresentando alta resistência natural em contato com o solo.
Preservação: madeira pouco permeável a soluções preservantes, em tratamento sob pressão.
Outras características
Geralmente apresenta pouco alburno; quando em idade avançada, apresenta proporção elevada de cerne.

Espécies Afins
Gochnatia H.B.K. é um gênero pantropical, com cerca de 66 espécies e várias subespécies e variedades; as espécies neotropicais ocorrem desde as Antilhas até a Argentina. Cabrera & Klein (1973) distinguem duas subespécies para G. polymorpha: subsp. ceanothifolia e subsp. floccosa.
No Brasil, além de Gochnatia polymorpha, ocorrem outras espécies do gênero, entre elas:
• Gochnatia barrosii Cabr., conhecida por cambará, encontrada no Cerrado em Minas Gerais e em São Paulo.
• Gochnatia cratensis (Gardn), na Serra do Araripe, no Ceará.
• Gochnatia lucida (Baker) Cabrera, conhecida por candiá e assinalado nas Serras, no Ceará e em Pernambuco (Pereira et al., 1993).
• Gochnatia paniculata (DC.) Cabrera, conhecida por cambará, arvoreta do capão, encontrada nos campos, no Paraná e em São Paulo, com floração de novembro a dezembro. Há uma candeia muito famosa em Minas Gerais, da mesma família, porém, de outro gênero: Vanillosmopsis erythropappa (DC) Selt. et Bib.

Arvore de Cambará

Produtos e Utilizações
Madeira serrada e roliça: a madeira de cambará pode ser usada em construção civil, esteios, esquadrias, caibros, estacas, forro, ripas, tacos, entalhes, peças torneadas e na construção naval. Tanto o tronco como as raízes produzem excelentes curvas para as embarcações (Boiteux, 1947). Apesar de o tronco ser geralmente tortuoso, é bastante utilizado na construção de cercas, como mourões e obras externas. é também apta para postes.
Energia: produz lenha e carvão de boa qualidade.
Celulose e papel: espécie inadequada para esse uso.

Ocorrência Natural
Latitude: 14° S (Bahia) a 31° S (Rio Grande do Sul).
Variação latitudinal: de 20m no Rio Grande do Sul a 1.650m de altitude em São Paulo.

Fale com um vendedor da Pau Brasil madeiras que esteja online Solicitar orçamento agora para a Pau Brasil Madeiras